You are currently browsing the category archive for the ‘Infinito’ category.

Com o tempo,
A dor cresce,

Guarda a magoa da ilusão,
Carrega a ferida da vida,
Esquece a esperança,
Afoga-se na paixão,
Acaba em um dia,

Com o tempo,
A vida é esquecida,

A experiência forja o medo,
Os dias são sombrios,
A ferida é corroída,
O amor congela,
E se vê o fim…

Anúncios

Um dia tudo acaba…
Como no dia, acaba o dia,
Como na noite, acaba a noite,
Como na vida, acaba a vida…

Um dia tudo inicia…
Como no amor, começa a amar,
Como no destino, começa a trilha,
Como na vida, começa a chance…

Um dia tudo se entende…
Como nos livros, apenas lendo,
Como nas paixões, apenas querendo,
Como na vida, apenas vivendo…

🙂 Feliz 2012! 😉

Somos estranhos em um mundo de selva,
Perdidos no além já destruído,
Talvez um amanhã que nada nos espera,
Ou um futuro, onde ninguém enxerga,

Os homens se corroem se iludem,
Amargam a inveja, a insolvência,
Perturbam-se de incoerência,
E resistem ao próximo sofrido,

Hoje nem a natureza resiste,
Aos percalços deixados por nós,
O Rei dos Ventos aparece,
Mostrando que ainda comanda,

E ninguém enxerga,
Comentam a inquietude, mas,
Esquecem no novo amanhã,
E recomeçam o que já prejudicou,

Vem a Deusa das Águas,
Banha o planeta para limpar,
Chama de desgraça, a enchente sofrida,
Sendo que é apenas, uma varrida precisa!

Ai, quanta remenda,
O destino se lamenta,
Tristes fios mal ligados,
Perdidos e muitos roubados,

Caminhos desalentos,
Noites tão escuras,
E o destino não decide,
Onde fica o fim!

Sobra sim, uma dor,
Tão imensa e descabida,
Que nem o tamanho do mundo,
Sustenta o espaço que ela toma…

Chuva inunda,
Destinos sofridos,

Chuva alaga,
Esperanças perdidas,

Chuva transborda,
Tristes realidades,

Chuva acaba,
Homem recomeça…

Desejo, que alcancem em 2011,

As vitórias esperadas,

O sucesso acreditado,

A serenidade nos dias,

O desejo conquistado,

A vontade realizada,

E que seja um ano de muita luz, e paz!

E no natal, aniversário de nosso Mestre Jesus, a presença dele no coração de todos…

Poeta sofredor,
Que se derrete,
Por qualquer amor,

Sofre calado,
Os instantes de saudade,
Que invade a vida,

Tem medo do futuro,
Que atrasa o passado,
E não vive o momento,

Oh! Sórdida solidão,
De amar demais,
E viver de ilusão!

Rogo te que me ajude,
Não me deixe guardar magoas,
Livre-me da dor que cresce,
Que eu aceite a todos,
Mas que todos, ou uma maioria,
Entenda-me,
Que tenho no coração,
Amor sem tamanho,
E ainda mais, sem fim…

Que a tristeza que me invade,
Vá embora com a enxurrada,
De esperança que irá mandar,
Que eu aceite os desafios,
Os principais e mais complexos,
Oferecer sem cobrar,
Amar sem esperar,

E que eu possa assim vencer,
O destino que me deu,
Como eu a ti prometi,
Que seguiria sem sofrer,
Para assim poder vencer,
O tão complexo viver…

E porque não o Amor, para comemorar 2010?? Independente de como, existe sentimento mais puro???

Renda ao amor,
Ao frio que amedronta,
Mesmo com o medo,
Que entristece,
Não esqueça,
Que ele te aquece,

Viva intensamente,
O poder de amar,
Mesmo sem recíproca,
O coração bate feliz,
Ainda que não entenda,
Mas, motivo para viver,

Todo dia, um novo dia,
Não se sabe o amanhã,
Nem mesmo o hoje,
Apenas respire o momento,
E ame, ame, e ame,

O amar faz bem
Ainda que haja problemas,
Que não seja perto,
Que não viva junto,
Mas, que ame viver,
E ame saber amar…

Feliz 2010!

Precisamos aproveitar mais o tempo,
Não deixá-lo passar tão rápido,
Como anda acontecendo,
E mais, segurar as oportunidades,
Aproveitá-las, porque amanhã é muito longe,
Ainda, quem disse que devemos dormir,
Se quando partimos dessa, assim dizendo,
Vamos ao descanso eterno…

Pergunto ainda,
Por que dizer sobre cansaço?
Quando podemos ter toda a energia,
Os segundos têm milésimos,
Que devem ser aproveitados,
E não desperdiçados!
Sim, viva, viva, e viva muito,
Porque lembre-se, ela acaba…

Não precisamos entender pecados,
Eles não existem, nós criamos,
Precisamos é viver a vontade,
Comer muitas maças,
Ser muitos Adãos e Evas,
Amar, aproveitar, e entender,
Que cada momento será guardado,
E nunca mais vivido…

Por isso, não perca tempo,
Não desperdice tempo, viva todo tempo,
Deixe a preguiça que ela atrapalha,
Viva a vontade que ela é grande,
Seja por instantes imortal,
E não esqueça nunca,
De viver, viver, e aproveitar,
O que tão rápido irá passar…