Desabafo em letras,
As palavras do descontento,
Escondido na dor,
De ver em cada dia,
A famosa desarmonia,

Vejo a falta do pão,
A sobra do rancor,
O crescimento da dor,
Com a desunião de todos,
E a união dos falidos,

Sinto a desesperança,
Só resta a ganância,
Para ser melhor que outro,
Esquecendo o amanhã,
E nem o hoje vivendo,

Iludido estaria,
Se não fosse a dor,
Crescendo em minha´lma,
No escuro da perdição,
Sem a porta da saída!

Anúncios