Peço licença, uma maneira de mostrar minha admiração, respeito e carinho! Vendo o mundo de hoje… quanta saudade e quanta falta… Chico Xavier!

Mestre Querido,
Fonte de sabedoria,
Enxurrada de humildade,

Tanto nos ensinou,
E pouco, quisemos aprender,
Teu carinho, teu respeito,
Impôs uma nova fé,
Que ainda, não sabem seguir,

Dava-nos seus dias,
Emprestava suas noites,
Chorava conosco,
Assim como torcia por nós,

Perdoava a todos,
Não via a ofensa,
Apenas entendia,
Como sendo observação,

Salve Mestre,
Que por nós ainda olha,
E que possamos receber,
Mesmo longe e sem destino,
A sua luz que tenta aproximar,

Chico,
Saudade de ter,
Encarnada a sua alma divina…

Anúncios