Toca Raul…”É você olhar no espelho se sentir um grandessíssimo idiota, saber que é humano, ridículo, limitado, que só usa 10% de sua cabeça animal…”

A tristeza toma posse,
Uma dor sem fim,
Irradia pelo dia,
Que não passa, e sim,
Afunda-se na desilusão,

Esperar da realidade,
Simplesmente a verdade,
Mesmo dura como pedra,
Passa a ser sofrida,
E fica a ferida,
De não achar a esperança,

Onde enterro minha dor,
Senão no silêncio da noite,
Quando me escondo de mim,
Buscando no eterno, o descanso,
Que na terra já não encontro…

Anúncios