Momentos de solidão,
Onde todos são os certos,
E eu sozinho o errado,
Penso no futuro,
Quando enxergaram,
Que a dor carrego,
Com tanta desilusão,

Procuro a resposta,
A dúvida que não me cala,
Junto as decepções,
De ver a cegueira,
Em tantos corações,

Mais uma vez,
Reina a tristeza,
Porque tão errado sou,
Quando busco a solução,
Onde só enxergam o não,

E ainda que tudo se resolva,
Sou o errado,
Sozinho e desamparado,
Um dia quem sabe,
Longe dessa vida enxergo,
A dura realidade,
De erros e verdades…

Anúncios