Vejam só, três anos de wordpress… e mais alguns de blog, e outros alguns de poesias…

Uma primavera fria e calada,
Que não colore as flores,
O nascer de cada dia,
Não sinto mais o perfume,
Da famosa “Dama da Noite”,
Parece sentir a dor como nós,
Dessa severa realidade,
Onde o homem tudo confunde,
E tão moderno se acha estar,
Não enxerga a dura verdade,
De com o mundo deteriorando,
O povo com ele, acompanhando,
Nem mesmo amor, conhecem mais,
Continuam a matar, queimar e destruir,
Parecendo para uns, normal,
E para outros na TV um absurdo,
Porém, nada fariam para ajudar,
Pois, tudo cansaria e seria perigoso,
Essa é a nossa vida,
Por isso a primavera não floriu,
Enxerga no mundo a tristeza,
E não tem forças para brotar,
O que seria cultivado,
Se ainda houvesse o amar…

Anúncios