“É tão difícil às pessoas razoáveis se tornarem poetas, quanto os poetas se tornarem razoáveis.”  Pablo Neruda

Porque o nada acontece,
O talvez não existe,
A consciência insiste.
 

A poesia que nasce,
O instante persiste,
Porque o poeta consiste,
 

Do razoável não entendemos,
O impossível compreendemos,
E no infinito nos corrompemos…

Anúncios