Queria escrever sobre o amor,

Mas, o momento não deixa,

Esconde o que quer aparecer,

Finge que não o sente,

Disfarça no sorriso diferente…

 

E quando a noite adentra,

Marca o silêncio e o clarão da lua,

Instigando aqueles sentimentos,

Tão perdidos e carentes,

Tentando entender o que pensa,

 

Fica um vácuo, mesmo preenchido,

Talvez a insistência do medo,

Por tanto até hoje já vivido,

Mas, de outro lado, toma conta,

A paixão que invade meu coração… 

Anúncios