Novamente…”Quem inventou o amor, me explica por favor…

 

Como é difícil amar,

O verbo praticado,

Acha empecilho,

Em todos os lados!

 

Talvez, uma explicação,

Que faça sentido,

Poeta sonha demais,

E ama em profundo,

 

Por isso não entendemos,

Problemas que aparecem,

Sentimentos perdidos,

Só fazemos o resolvido,

 

Amamos pelo todo,

Esperamos sem pedir,

Cultivamos a saudade,

E vivemos da felicidade…

 

“A diferença entre um poeta e um louco é que o poeta sabe que é louco…Porque a poesia é uma loucura lúcida.” Mario Quintana

Anúncios