Estou de mau humor com o mundo,
Esse inoxidável, e intragável espaço,
Onde dias correm, passam,
Antes de eu entende-los!
E as noites então, essas,
Bom, me fazem perder por elas,
 
Com tudo isso,
Às vezes me pergunto,
Até mesmo onde estou, e porque,
Sim, momentos sem respostas,
E vontades abandonadas,
Pelo tempo que passa tão rápido!
 
Sinceramente, me revoltei,
Cansei de querer saber essas diferenças,
Do positivo, do negativo,
O correto e o errado,
A ilusão e a emoção,
 
Aliás, nem mais a esperança,
Comigo mora no coração,
Talvez uma recordação,
Que hoje, nem lembro mais…

Anúncios