Li uma boa frase que disse, “Os poetas nascem feitos, os oradores são feitos.”, e isso comprova, que um nada, se transforma em um tudo para um poeta…
 
O martírio da verdade,
Como o fim de um começo,
Onde falta o sentido concreto?

Nem a esperança restou,
Uma melancolia partida,
Só a lembrança ficou.

Chances, insisto à ilusão,
Mas, onde mora o sentido,
Diante de tanta decepção…

Anúncios