Já fiz devo ter feito alguma com essa música que eu adorooooo, Deslizes… e amoooo Fagner… Ele deve ter cantado para mim… É tudo o que eu tenho no momento… ”Não sei por que insisto tanto em te querer…”
 
Uma nova chance,
Você disse, e eu aceitei,
Novamente vamos tentar,
E segui, fingindo acreditar…
 
Hoje mais uma vez,
O que restou, um nada,
Um vazio e uma saudade,
Do que nem aconteceu…

Mas, quando te vejo,
Tudo cala, some, e perdôo,
O tempo que passou,
E a marca do nada que ficou.

Finjo a amizade que marcou,
Um momento de ilusão,
Quando ao teu lado,
Só o império da maldita paixão…


Só assim somos amigos…

Anúncios