O martírio da vida,
É viver plenamente,
Sem saber aonde chegar!
 
Hoje em dia é assim,
Um amanhã longe,
E um momento estranho.
 
Não há concreto para ilusão,
Uma fértil esperança,
Que só termina na desilusão.
 
Ninguém para confiar,
E fora o destino tão perdido,
Que a fronteira nunca chega.
 
A certeza é ainda mais perdida,
Pois cada passo percorrido,
É um tempo quase morrido…

Anúncios