O futuro a quem pertence,
Como dizem talvez a Deus,
Mas, ele muito longe está,
E no momento só a realidade,

Triste, corrida e sofredora,

Entre encalços e percalços,

Da maratona do dia a dia,

Voltado para uma simples ideologia,

Há de se ter dúvidas em viver.

Porque quero, perguntam,

Talvez, pois tento, respondo,

Assim, vai o tempo,

E se esquecer do momento,

Pronto, tudo fica inadimplente,

Pois, amanhã é muito longe,

Ontem, então já faz uma década!

Acorde, pense e reflita,

A felicidade existe, só depende,

De quando quer, e se conquista!

Anúncios