Ando melodramática!!! Isso era para ser uma poesia comediante das verdades de hoje, e acabou dramática! Acho que é porque quero Paz, e faz tempo que por aqui não acho… (E detalhe…mais um soneto!)

Eu sou um ET,
E ainda longe de um paraíso…
Não encontro minha nave,
Muito menos meu abrigo!

Aí socorro, digo eu,
Aonde vim parar!
Um planeta paranóico,
No meio de um breu!

Será possível localizar,
E por favor, me ajudar,
Como eu faço para voltar?

Aqui é que não quero ficar,
Só vejo guerra, violência e ganância,
Tão diferente do meu mundo, chamado Paz!

Anúncios