Soberba é interessante, uma forma básica do pecado. O fruto proibido de adão, a insana mania de cada um, a ambição a hipocrisia, a arrogância de cada um, em um planeta preenchido de materialistas…


O fruto proibido,
Nosso veneno de cada dia,
Que vençam as tentações,
E superem as indecisões.

A magia soberba,
Que invade o dia-a-dia,
Fazendo a ilusão,
A realidade de uma vida.

A vanglória indecisa,
Perdida na hipocrisia,
Ostenta o materialismo,
Da mentira envaidecida.

São as verdades de cada um,
Que juram orar o perdão,
Se sobrar um, será da imaginação,
Porque só sabem viver, da orgia…

Anúncios