Dedico ao Lenine…é tudo o que ando ouvindo, cantando, e entendendo… por que? Não sei… 

Desilusão
Essa dor, que mexe com a vida,
Sendo um momento difícil,
Interrompendo a esperança,
Lembra o sonho, e vê a verdade,
Uma etapa sofrida,
Sem nem mesmo, a bondade,
Ao sonho o fim, ao momento a dor,
Onde andará a minha vida?

E para ele ouvindo, buscando…Hoje eu quero sair só….

Se você quer me seguir,
Não é seguro.
Você não quer me trancar
Num quarto escuro.
Às vezes parece até que a gente deu um nó,
Hoje eu quero sair só…
Você não vai me acertar
À queima-roupa,
Vem cá, me deixa fugir,
Me beija a boca.
Às vezes parece até que a gente deu um nó,
Hoje eu quero sair só…
…Não demora eu tô de volta…
Tchau!
Vai ver se eu estou lá na esquina, Devo estar
Tchau!
Já deu minha hora
E eu não posso ficar.
Tchau!
A lua me chama, eu tenho que ir pra rua
tchau
hoje eu quero sair só..

Anúncios