Sou poeta
Sou cheio de amor
Sou um fingi dor
Finjo a dor já existida
Disfarço a dor sofrida
Comento um amor inventado
Invento um romance parecido
Mudo o tempo do presente
Esqueço o problema futuro
Apago o passado sofrido

Sou poeta
Sou grande
Somos três…
Eu, a dor e a solidão.
Na madrugada,
Somente a escuridão
Sou poeta da paixão!

Anúncios